SOBRE O ENFLAMA – Encontro Nacional de flauta doce

13/

05/12

VI ENFLAMA – Encontro Nacional de flauta doce
De 06 a 10 de junho de 2012 – São Paulo
Centro Universitário MariAntonia da USP

Olá pessoal,

Algumas pessoas nos escreveram com dúvidas a respeito do ENFLAMA, vamos esclarecer:

1. O que é o ENFLAMA?
O Enflama é um encontro nacional de flauta doce que aconteceu em 2007 em São Paulo na tentativa de reunir presencialmente os flautistas e amantes da flauta doce que participam da lista Yahoo groups Flauta Doce Brasil, antiga máfia da flauta doce. Desde então, o encontro acontece de forma itinerante, em diferentes cidades, com diferentes organizações e não mais restrito somente à participantes do fórum yahoo groups. Em 2012, acontecerá novamente em São Paulo.

2. O ENFLAMA é um encontro acadêmico?
Não. O Enflama não é um encontro somente acadêmico. A ideia do Enflama é que ele seja de fato um encontro de flauta doce, onde sejam contempladas todas as vertentes desse instrumento. Educação, performance, pesquisa e outras práticas.

3. Quem pode participar do ENFLAMA?
Todos os flautistas, professores, educadores envolvidos com a flauta doce, amantes e admiradores desse instrumento.

O Enflama não é um encontro apenas de profissionais, uma vez que a flauta doce, assim como outros instrumentos, não é destinado apenas a aqueles que buscam se profissionalizar.

Se eu não quiser tocar, mas sim assistir os concertos, oficinas e palestras, eu posso participar do evento.

O Enflama é um encontro, uma maneira de conhecermos os flautistas, os professores, os educadores, quem está começando e quem gosta desse instrumento.

4. Sou estudante de flauta doce iniciante, posso participar do ENFLAMA?
Sim, é uma excelente oportunidade de trocar experiências, tirar dúvidas, aprender coisas novas, ouvir diferentes flautistas tocando e vivenciar todas as possibilidades do nosso instrumento, além é claro, de fazer novos amigos.

5. Meus professores podem participar do evento?
Com toda certeza. Para o seu professor é uma oportunidade única de trocar experiências com colegas de diferentes regiões do país, descobrir como cada um deles resolve seus problemas pedagógicos e ainda se manter atualizado para as novidades da flauta doce em seu próprio país e no mundo.

6. Preciso ter excelentes flautas doces para participar do ENFLAMA?
Não. Cada pessoa participa com os instrumentos que possui. Esta também é uma forma de aprendermos e conhecermos todas as facetas do nosso instrumento. Ou seja, não é necessário ter flautas de madeira.

7. Sobre as atividades, quem pode participar?
No VI Enflama teremos uma atividade de “master class” em grupos com o flautista holandês Paul Leenhouts. Dessa atividade, participa quem tem interesse e opta por tocar para o Paul em conjunto com outros flautistas inscritos no evento.

O próprio Paul Leenhouts, está selecionando o repertório que disponibilizaremos no site para a escolha de cada um. Mais informações em breve no site.

As palestras, oficinas e concertos, são abertos para todos os participantes inscritos.

Teremos um concerto de grupos de flautas doces convidados, e ainda a apresentação de trabalhos de pesquisa que foram selecionados através de inscrição pelo próprio site do evento e por uma comissão acadêmica.

8. Eu estou envolvido com a flauta doce mas desenvolvo trabalho na área de música popular. O ENFLAMA é um evento apenas erudito?
Não. Não podemos esquecer da história do nosso instrumento e seu repertório consagrado. Porém foi pensando nisso que convidamos o flautista Paul Leenhouts e outros professores. O Paul escreve e arranja música popular para flauta doce e poderá responder dúvidas e questionamentos a respeito dessa prática. Além disso, teremos uma oficina com a flautista e professora Viviane Beineke (UDESC) que trabalha com o repertório brasileiro folclórico e cancioneiro infantil com flauta doce.

9. Posso divulgar e convidar outros flautistas para participar do ENFLAMA?
Com toda certeza. Mas lembre-se que temos um número limitado de vagas, então corra!

10. Não poderei participar do ENFLAMA em todos os dias, posso ir apenas em um dia assistir algo?
Para participar do ENFLAMA, de qualquer maneira, você precisará fazer a sua inscrição no site. www.quintaessentia.com.br/enflama

Não será permitida a entrada de pessoas no Centro Universitário MariAntonia da USP sem a sua devida inscrição no evento.

Quinta Essentia quarteto
Produção do VI ENFLAMA

5 Comentários para "SOBRE O ENFLAMA – Encontro Nacional de flauta doce"

  1. Gostaria de informaçoes para o próximo ENFLAMA para fazer a incrição e programar minha agenda.
    Não conhecia este evento. Gostaria de participar mesmo como ouvinte.
    Obrigado

    • Olá Roberval!
      Em breve divulgaremos todas as informações do ENFLAMA 7. O evento vai acontecer em São Paulo, de 29 de Maio até 2 de Junho, com presença confirmada do flautista Paul Leenhouts e da construtora de flautas e flautista Adriana Breukink.

  2. Bom dia! gostaria de saber se no ano de 2016 vai ter o ENFLAMA? Pois sou estudante de flauta doce e gostaria de participar quando tiver.
    Fico no aguardo.
    Grata
    Gabriele.

    • Obrigado pela sua mensagem, Gabriele.
      Não sabemos se teremos ENFLAMA no próximo ano, mas caso o Quinta Essentia organize algum evento, você saberá se acompanhar nosso website ou nosso perfil nas redes sociais.
      Grande abraço

  3. Olá, sou estudante de flauta doce, seria maravilhoso ter novamente este encontro em 2016. Abraço à todos.

Deixe uma resposta


Post