Devo usar apoio do polegar?

03/

02/14

Apoio de polegar

Tenho percebido muitas dúvidas a respeito da posição do apoio para polegar, seu uso, e como isso pode afetar a técnica. Tratarei estes pontos neste artigo, procurando esclarecer cada um deles.

Apoio de polegar: Usar ou não usar?

As dúvidas começam logo no primeiro contato. Algumas pessoas sentem necessidade do apoio, outras não conseguem se adaptar a ele. Como a flauta doce é um instrumento leve quando comparado a outros instrumentos de sopro, como por exemplo o oboé e o clarinete, o uso do apoio não chega a ser necessário em todos os instrumentos, e isso é causa de algumas discussões.

 

Em minha experiência, o uso do apoio se torna necessário em instrumentos maiores e mais pesados, isto é, nas flautas tenores e baixos (e obviamente grande-baixo, contra-Apoios de Plásticobaixo também). Na contralto seu uso é facultativo, mas eu costumo usar. Na soprano não chega a ser necessário, porém existem disponíveis apoios de plástico que se adaptam facilmente às flautas soprano, contralto e tenor, estes apoios são de baixo custo, e se adaptam à maioria das flautas disponíveis no mercado.

Benefícios

Alguns benefícios que o apoio pode proporcionar:

  • Boa sustentação do instrumento, sem escorregar o polegar
  • Melhor equilíbrio ou balanço do instrumento
  • Posicionamento fixo da mão direita – sempre no mesmo lugar
  • Relaxamento da mão direita
  • Liberação do dedo mínimo ou anelar

A principal razão para usarmos o apoio de polegar é a sustentação do instrumento. Quando a flauta é muito lisa, ou para pessoas que têm a pele muito seca ou suor nas mãos, a flauta costuma escorregar. O apoio evita que isso aconteça.

Além da sustentação, o apoio possibilita um melhor equilíbrio do instrumento, já que a flauta deve ser sustentada apenas em dois lugares: o lábio inferior, e o polegar direito, de forma que os outros dedos estejam completamente livres e relaxados para tocar a música. Quando a sustentação está firme, podemos liberar nossa atenção para a música ao invés de ficar tão atento aos dedos.

Uma outra vantagem do apoio é o posicionamento da mão direita, que é firmado com a posição do polegar. Usando o apoio, o polegar fica sempre no mesmo lugar, e se sabemos escolher bem a posição do mesmo, nossa mão direita estará sempre bem posicionada, e com isso, relaxada.

Sem o apoio, muitas vezes usamos o dedo mínimo ou anelar direitos para segurar a flauta enquanto não usamos estes dedos para as notas, o que dificulta a técnica e cria tensões indesejáveis na mão direita.

Posição das mãos

Falamos do uso do apoio, mas é importante mencionar sobre a posição das mãos. Quando a posição das mãos não é adequada, toda a técnica do instrumento fica comprometida.

mão relaxada

A posição ideal é aquela em que os braços ficam apenas sustentados, sem tensões nos ombros, braços e antebraços, os pulsos retos seguindo a direção do antebraço, com os dedos ligeiramente flexionados, com o polegar e o indicador (junto com os outros dedos) formando uma letra “C” em ambas as mãos.

Para sentir as mãos relaxadas, fique em pé com os braços estendidos e relaxados ao lado do corpo. Ao girar os pulsos com as mãos bem relaxadas, sentimos a mão chacoalhar quando esta estiver relaxada. Devemos sentir a mão igualmente relaxada ao segurar a flauta e também enquanto estamos tocando.

Close dos dedos

Os furos devem ser tampados com as partes “gordinhas” dos dedos, não devem ser tampados com as falanges nem com a ponta dos dedos. Lembrando sempre: mão esquerda em cima e mão direita embaixo!

Altura do apoio

O apoio do polegar deve ser posicionado na altura entre o furo 4 e o furo 5, dependendo do que for confortável para cada pessoa. Se o apoio ficar acima do furo 4 ou abaixo do furo 5, provavelmente haverá muita tensão no pulso, no polegar, ou no dedo anelar e mínimo.

Importante

Devemos evitar tensões a todo custo, pois isso pode nos trazer doenças como LER (lesão por esforços repetitivos). Mas é importante deixar claro que o uso do apoio apenas não é suficiente para evitar que problemas deste tipo ocorram.

Se você não usa ou não gosta de usar o apoio, isso não é um problema. O que é importante é que suas mãos estejam sempre muito relaxadas ao tocar, e que a flauta esteja equilibrada corretamente de acordo com a sua estrutura corporal. O apoio é apenas uma das ferramentas disponíveis para ajudar a alcançarmos esta posição mais relaxada para tocar.

Outras opções possíveis:

0fd0b4c9-e0b0-48cf-9bf1-b8413e8e67b8Uma fita amarrada ao pé da flauta ajustada na altura correta do polegar pode ser uma solução grátis e fácil. Conheço flautistas que não se adaptaram a nenhum tipo de apoio colado ao instrumento, e que somente utiliza este método.

e439237c-c16d-43ae-a839-500373f8f94a

Outra opção é a utilização de uma cortiça ou outro material colado ao instrumento, como na foto à direita.

 

 

Tópicos relacionados

4 Comentários para "Devo usar apoio do polegar?"

  1. Vc comercializa apoios? Tenho uma contralto yamaha 312, resina imitando ébano makassar.

    • Sim, tenho apoios para venda, mas geralmente o preço do frete não compensa pois fica mais caro que o próprio apoio. Se estiver em SP e puder buscar pessoalmente, entre em contato.

      • Se vc puder me vender… o valor do frete é o de menor… eu estou precisando desse apoio. O meu quebrou e sem ele, fica quase impossível tocar a peça que estou estudando agora. Apoio polegar flauta Tenor. Obrigado.

        • Eu tenho para vender o apoio de polegar de resina, para flauta tenor, como este da foto. O preço é R$ 25,00 mais o frete, que varia com o CEP de destino. Se estiver em SP, pode retirar pessoalmente, sem frete.

Deixe uma resposta


Artigo